Análise prévia de distribuição granulométrica de uma determinada porção de minério.

O desafio é analisar a tipologia do minério com base no aspecto visual dos taludes. Gerar imagens georreferenciadas (em coordenadas UTM e local), de todos os setores da mina que estiverem dentro do planejamento trimestral, fazendo uma pré-identificação da tipologia do ROM (run of mine), do estéril e das rochas intrusivas.


Essa identificação pode ser possível cruzando características tipológicas com a cor e a textura do material. Com essa pré-identificação, podemos ganhar agilidade no mapeamento para a confecção do modelo geológico e para o planejamento das amostras de geologia em curto prazo.